Ícone do ciclismo da cidade, Ricardo Gava terá função fundamental da Volta de Guarulhos

Ricardo Gava já revelou muitos talentos do ciclismo (Foto: Divulgação)

Técnico da geração guarulhense que levou a cidade a ser considerada a Capital Nacional do Esporte em 1990, Ricardo Gava será peça principal da maior corrida de ciclismo do Brasil em 2017, que tem largada nesta quinta, às 20, do Bosque Maia. Ele será o responsável por conduzir o carro número 1 da prova, primeiro veículo da caravana e que levará o comissário geral do evento, membro da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Além de ser amplo conhecedor do ciclismo, Gava tem experiência na função que atuará nesta semana. Ele participou de todas as edições do Tour do Brasil e das principais corridas de ciclismo do mundo. “Tenho muito conhecimento nessa área. No momento da corrida, é importante você estar ligado, estar em sintonia com o comissário. Não é fácil, há muitos riscos, mas tenho certeza que vamos fazer um grande trabalho”, comentou.

Gava também elogiou o diretor-geral da prova, José Claudio do Santos, o Facex, pela realização do grandioso evento. “O esporte é visto como um trabalho social, que transforma vidas. É fundamental, agrega valor. Ter uma atividade como essa em nossa cidade é essencial. Tenho certeza que será um grande sucesso”, disse.

A primeira etapa da Volta Ciclística Internacional da Cidade de Guarulhos acontece nesta quinta-feira, 20, com largada às 11h, da Avenida Paulo Faccini. A competição, que reunirá as principais equipes do Brasil e da América do Sul, termina no domingo, 23.

Gava foi multicampeão como ciclista e técnico

A carreira de Ricardo Gava começou aos 16 anos, em 1986. Ele competiu por Guarulhos deste ano até 1994. Correndo nove temporadas pelo município, ele foi campeão dos Jogos Regionais, Abertos, meeting de velocidade, campeão paulista e vice-campeão brasileiro.

Em 1999, formou-se técnico pela UCI (União Ciclística Internacional), mas desde 1993 já atuava como diretor da equipe guarulhense. “Revelei grandes destaques e ganhamos muitos títulos. Em 2002, representamos o Brasil na Volta do Uruguai. A equipe de Guarulhos era muito forte. Muito famosa”, lembrou. Entre as revelações, Gava citou Francisco Chamorro, Baiano, Negão, Bodão, Tonho e Facex, diretor-geral da Volta Ciclística.

Gava trouxe Facex a Guarulhos

Hoje diretor-geral da Volta de Guarulhos, Facex tem orgulho de dizer que foi Ricardo Gava quem o trouxe para Guarulhos. “Ele me ajudou muito. Foi fundamental para o crescimento da minha carreira no ciclismo. Tenho muita gratidão por ele”, disse.

Quando Facex ainda corria defendendo a faculdade que trabalhava, que leva o nome do seu apelido, Gava o fez a proposta. “Eu via muita evolução no Facex. Ele andava na frente, escapado, ou perseguindo. Nunca andava no meio do pelotão. Ele sofria muito, mas ao mesmo tempo tinha muita raça e talento. Então surgiu a oportunidade de colocá-lo na equipe e fiz a proposta. Eu disse a ele que se aceitasse, eu faria dele um campeão. Ele aceitou, veio para Guarulhos e realmente se tornou um campeão”, comentou.

Gava declara amor pelo ciclismo

Durante uma época, a equipe de ciclismo de Guarulhos deixou de existir, por conta do corte das verbas da secretaria do esporte. Com isso, Gava foi obrigado a se afastar do esporte e foi trabalhar na Associação Comercial Empresarial (ACE), como vendedor. Hoje atua como corretor de imóveis, mas o que gosta mesmo de fazer é estar no meio do ciclismo.

“Mesmo um pouco afastado, 90% dos meus amigos são do ciclismo. Esse esporte foi fundamental na minha vida. Minha relação com o ciclismo é gigante. Durante esse tempo foi muito difícil para mim, que sempre vivi desse esporte. Eu atuava como um paizão dos atletas. Tenho a modalidade como um filho para mim. Hoje, rever os grandes amigos será muito importante”, concluiu.

Sobre Rômulo Magalhães 26 Artigos
Jornalista. Assessor de Imprensa da Associação Desportiva Facex (ADF)

8 Comentário

  1. Corri por guarulhos com tecnico e amigo Ricardo Gava, 2008, 2009 e 2010, quando paramos praticamente na mesma temporada, mais a saudade e grande e voltei a competir mesmo com idade maior, porem carinho e saudade daquela epoca nao se apaga, muitos como eu so tem a agradecer a cidade de guarulhos e claro ao gava carinhosamente como todos os chamam um dos apelidos dessa pessoa maravilhosa que ele e…. sem palavras pra poder falar dessa pessoa maravilhosa guerreiro e super honesto!!!!

  2. Ricardo, muito orgulho pelo ser humano especial que sempre demonstrou ser…É um grande amante das duas rodas!! Parabéns meu amigo….

  3. Maravilhoso saber que o nosso rei do ciclismo está de volta. Pois além de entender muito do assunto, ele ama o que faz, e nos transmite amor, força, garra e determinação. Nos ensina a ser forte. Ameiiiiiii . bjs.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*